Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


A Windows Store, loja de apps do sistema da Microsoft, passará a oferecer acesso a aplicativos classificados como Win32, ou seja, aqueles que foram desenvolvidos originalmente usando a estrutura das antigas versões do Windows. Esses aplicativos eram deixados de fora da loja em favor dos apps produzidos com a estrutura UWP, criada para o Windows 10. A medida visa fortalecer a loja, abrindo espaço para uma série de aplicativos relevantes que antes eram mantidos de fora do espaço por questões técnicas apenas.

Como ter acesso remoto a um PC com Windows 10

Desktop App Converter, disponível na loja, permite que desenvolvedores iniciem o processo de conversão do Win32 para o UWP (Foto: Reprodução/Filipe Garrett) — Foto: TechTudo

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Os programas passaram por um processo de conversão para ficarem compatíveis com a nova estrutura UWP. Essa estrutura foi criada pela Microsoft para que aplicativos compatíveis com o Windows 10 para desktop possam rodar em celulares e, até mesmo, no Xbox One.

Porém, quais são as vantagens desse processo de conversão? Basicamente, aplicativos que usam uma estrutura mais adaptada ao modelo de funcionamento do Windows 10 são beneficiados com um processo de instalação muito mais limpo, proporcionado pelo suporte da loja virtual. Além disso, as atualizações são automáticas e não incomodam o usuário. 

Quais placas de vídeo podem ser usadas com Windows 10? Troque dicas no Fórum do TechTudo.

Outras melhorias são: os aplicativos passam a oferecer suporte a live tiles no menu Iniciar, notificações na central de ações, além de vendas diretamente realizadas no aplicativo.

Alguns dos primeiros aplicativos Win32 disponíveis são: Evernote, Arduino IDE, Double Twist, PhotoScape, Magix e Virtual Robotics.

Mais do TechTudo