Publicidade

Por Bruno do Amaral; Para O TechTudo


Quem joga com os dispositivos iOS (ou seja, iPhone, iPod touch e iPad) ainda se sente muito abandonado para partidas online. O Gamecenter da própria Apple ainda está longe de ser a ferramenta ideal – a melhor solução atualmente está na iniciativa Open Feint. Para concorrer com isso e corrigir a deficiência nessa importante modalidade de jogatina, a Electronic Arts apresentou em San Francisco nesta quinta-feira (7) as intenções de levar o serviço próprio Origin para a App Store

Origin (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

A interface vai funcionar junto aos games, da mesma forma que essas outras redes – e, principalmente, sua maior inspiração, a Xbox Live. Com isso, os jogos terão rankings e conquistas diferenciadas, além de listas de amigos e até acesso outros jogos da EA já instalados no aparelho sem precisar passar pela área de trabalho do aparelho. 

Há inclusive uma integração com o Origin para PC (que já possui página em português), permitindo ver o que seus amigos estão jogando independente dessas duas plataformas. Com isso, a desenvolvedora espera eliminar a necessidade de serviços atravessadores para seus títulos, envolvendo o consumidor em toda a sua rede de ferramentas. 

Durante a apresentação nos Estados Unidos, foi demonstrado o game Need for Speed: Shift 2, que estará em breve disponível na App Store. Na versão do título de corridas similar a Gran Turismo (que deverá competir de frente com o Real Racing 2 HD no iPad), os usuários poderão ter acesso a mais pistas pelo Origin e até mesmo aos créditos para utilizar no próprio jogo. 

A utilização da ferramenta não é mandatória, mas a Electronic Arts não está agindo discretamente para incentivar sua incorporação. Jogos como Need for Speed: Hot Pursuit possuem notificações persistentes (ao ponto de incomodar mesmo). Além disso, a lógica de uma rede própria de um desenvolvedor não resolve a situação para os jogadores de iOS. Afinal de contas, os títulos da EA nem de perto representam todos os aplicativos disponíveis na App Store e só geram mais uma lista de amigos e achievements para gerenciar no aparelho. 

Clique aqui para visitar a página brasileira do serviço, que conta com um pequeno FAQ – no qual, inclusive, diz que “ainda” não estará disponível para o Android

Mais do TechTudo