Publicidade

Por Arthur Figueiredo; Para O Tech


PlayStation Network fora do ar não está irritando somente os jogadores. Grandes empresas como acionistas e desenvolvedores estão furiosos com o dinheiro que estão perdendo em vendas na rede da Sony.

Capcom (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

A Capcom, por exemplo, alega que a queda da PSN está custando centenas de milhares de dólares em downloads perdidos, diz o vice-presidente sênior da empresa, Christian Svensson.

Em um post do fórum do site Capcom-Unity, Svensson especula que o capital que deixou de entrar na empresa durante este período pode chegar na casa dos milhões de dólares, o que poderia comprometer o desenvolvimento futuro de games. “Estou frustrado por um número de razões”, ele escreveu. 

“Como consumidor, eu também jogo games online no PS3, o que não posso fazer… e possivelmente minhas informações pessoais foram comprometidas. Segundo, eu gosto de comprar coisas na PlayStation Store e isto não posso fazer agora.” 

Mostrando que o problema é muito maior do que pensamos, ele continua: “Esta queda está nos custando [...] receita que estava planejada para o nosso orçamento. Contamos com estes fundos para trazer novos games para o mercado e nossos fãs. Resumindo, os hackers parecem estar tentando ‘punir’ a Sony por alguma injustiça, e foram bem eficientes nisto, eu suponho. Mas também estão punindo milhões de outros consumidores e negócios, o que torna impossível qualquer forma de apoio à causa. 

Vale lembrar que a queda da PSN não atrapalha só a compra de títulos e expansões de jogos, mas também impede que alguns sejam jogados, como o recente Bionic Commando Rearmed 2, que exige autenticação na rede para jogar. E considerando que a previsão mais otimista fala que a rede só deve voltar no fim do mês, a situação só se complica. 

Via Joystiq

Mais do TechTudo